Zica, forfé, urucubaca, ziquizira, marcação astral, pepino, pelintra e… BICICLETA.Pena que eu não estou me referindo a última e sim as outras sete palavras. (cá entre nós, bicicleta e zica? Fui dar uma volta de zica hoje! Cai da minha zica. Que irada a tua zica!!!!! Tenha dó!) – mas voltando a ziquizira, quem leu O MARIDO E A COIFA? Quem lembra do bolo no foguete? Pois é… a COBERTURA que estou ACOSTUMADÉRRIMA a fazer deu pelintra!!!!Para quem lembra do BOLO DE TIRAMISSU, aquele que saiu na revista GULA, o da estrela,maravilhoso com uma caríssima cobertura de mascarpone… pois é… o cremoso e delicioso mascarpone, na hora de ir para a batedeira junto com o açúcar e o conhaque, parecia uma RICOTA em decomposição – ÁGUA PURO, com cara de leite azedo! Tinha acabado o conhaque, usei whisky. Bolo que pede bebida,bolo de gente grande, café, chocolate amargo, mascarpone, bebida. Só que eu DESCONFIO que com alguns tipos de bebida alguns doces desandam mesmo, por exemplo, fazer sorvetes. Não é todo álcool que dá certo, tem que alterar a fórmula, etc etc. Mesma coisa para pudins, cremes brulées… SÓ QUE eu achei que conheque e whisky eram um pouco parentes. Não são. Pelo menos, não com o mascarpone. Mas eu descobri isso tarde, bem tarde. Após usar dois potes, ÚNICOS DA CASA, para fazer a cobertura. Só me dei conta, quando o segundo pote era uma gororoba disforme, sem volta. E eu sem cobertura, sem mascarpone, sem bolo. pensei em beber a garrafa de whisky e chegar na festa do meu pai de SETENTA ANOS, assim, de mãos abanando, com um bolo de padaria e um bafo de whisky. JUSTO COM MEU PAI? Nem pensar. Como o Fábio fez a história da coifa, que arque com o mascarpone. FABIOOOOOOOOO tem que sair URGENTE para comprar mais dois potes de mascarpone. Aquele que comprei ontem? Sim, esse mesmo. Melhor você nem perguntar o que aconteceu.Acho que ele só foi em respeito ao meu pai – e também ao perceber que o momento estava critico, critiquissimo. Foi. Comprou os potes. Fiz a cobertura. Não coloquei alcool nenhum, com medo dessa vez. O que fiz foi embebedar o bolo. Deixei a cobertura sóbria. E aí a coisa fluiu.

Amigos do pai felizes, copo na mão, bolo no prato, foi! Depois da coifa, depois do whisky, foi!
Os outros dois bolos de CHOCOLATE COM AVELÃS sem sustos, ótimos.
E na segunda-feira, acordei já recuperada. Bolo pra frente. Hoje tem AMÊNDOAS no cardápio.
E lá fui eu, com as receitas gringas,nem sempre funcionam, nem sempre os produtos são o que parecem ser. Essa receita falava PASTA DE AMÊNDOAS – eu tinha um pote GIGANTE aqui, em uma dessas compras de empolgação – daí a pesquisa na SEGUNDA-FEIRA para usar a tal da pasta. Maravilhosa, aliás. Cheiro incrível de amêndoas. Composição – amêndoas e açúcar.
Sabem o que o bolo virou????? UM CARAMELO. Incrível,por sinal, mas um caramelo. Tive a certeza que a receita estava ERRADA em algum ponto, mas não identifiquei qual. Comemos todos o caramelo de amêndoas, inventado sem querer, com maçãs e a sobremesa ficou incrível. MAS, para quem me conhece, lá no fundo da minha alma, eu estava brava. Bravíssima. Só pensava no erro do bolo, após quase 365!!!!! Deduzi que a pasta de amêndoa, traduzida de um livro alemão, deveria ser MARZIPÃ que TAMBÉM É amêndoas com açúcar. E o mistério aumenta. Os mesmos ingredientes, produtos totalmente diferentes.
Refiz o bolo na TERÇA-FEIRA. O que aconteceu?
A MESMA COISA, quase. Ficou um pouco mais com cara de bolo, mas ainda assim, não um bolo – a Vanessa, braço direito,  O QUE FAÇO COM ISSO? Eu ia dizer – lixo, lixo! O Fabio vem correndo, desesperado. MARZIPÃ no lixo? De jeito nenhum. Vamos fazer um crumble! (sim, ele é criativo e, as vezes, tem ótimas idéias!) – o bolo-caramelo VOLTOU AO FORNO esmigalhado, em forma de farofa, com peras e baunilha e por baixo, e ficou de novo, incrível. Mas não bolo, não bolo.
Chego a conclusão após tanto tempo que ERROS vão acontecer SEMPRE, claro! Senão não precisavamos testar e testar e testar as coisas, aprendemos a identificar os erros,corrigir MAS fora tudo isso, FAZER BOLOS exige um mínimo de concentração, calma e paz! Doces são geniosos,passam de um ponto a outro em um segundo, mais ou menos como explosões de mulher com TPM. é isso. Até.
Segue a RECEITA DO BOLO IMPOSSÍVEL para quem quiser testar e fazer e QUEM SABE trazer em casa, na FESTA DE ENCERRAMENTO DOS BOLOS DO OVOS QUEBRADOS. A festa será dia 6 de maio, domingo, as 15 horas. Quem quiser TEM QUE ME ESCREVER um email até dia 2 de maio.
Acho que tudo isso aconteceu porque estou chegando ao fim com a SAGA DE BOLOS, ainda tanta coisa para testar, tantas receitas para fazer… mas não posso mais continuar comendo bolos assim, diariamente, é claro! Essa parte do OVOS QUEBRADOS eu tenho que encerrar – mas vai deixar ENORMES SAUDADES de tantas receitas e histórias repartidas…

Suflê de GengibreO BOLO IMPOSSÍVEL – MOCHA CAKE WITH COFFEE SAUCE
Veja aqui a Receita de Mocha Cake with Coffee Sauce

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply


Novos Posts

PROGRAMAÇÃO DE OUTUBRO

Posted on out - 4 - 2016

2 Comments

Vasos

Posted on ago - 29 - 2016

0 Comment

Próximas Aulas Mês de...

Posted on ago - 29 - 2016

1 Comment

Blues & Greens

Posted on ago - 15 - 2016

1 Comment